Autor: Ronaldo Nunes
•5/05/2010 07:06:00 PM

Cai a noite e surge minha auto defesa
Pensamentos diversos e ideias confusas
Escreve tudo que vem a cabeça
Nada passa desapercebido
Se eles estão aparecendo
Deve ter algum motivo
Decifra-los e interpreta-los
Disto estou imbuído

Bom, pelo menos me pego a tentar
Farei o que for possível
Para que meu “Eu” fique mais fácil encontrar
Se tu conseguir enxergar meu “eu” fico feliz
Mas se não,
Também não é isso que eu quis
O que eu realmente quero e preciso
É me entender para poder viver feliz

Penso muitas vezes no quanto é fácil pedir paz,
                           [quando não se vive a guerra
No quanto é fácil falar de amor
Quando se é contemplado por ela(Amor)
É fácil fazer o bem
Para aquele que te espera
Amamos quem nos ama
Se amamos alguém é porque isso nos convém
Nos sentimos completos,por gostar da companhia
                                         [que nos faz sentir bem

Tudo é previsível, tudo é vaidade
Quero ver amarmos quem nos prega a maldade
É fácil oferecer ajuda a quem nos ajudou
Difícil é sofrer por quem nunca se amou
Por quem nunca ouviu falar
É difícil encontrar uma saída
Para que a ética e o bom senso possam vencer a tirania

Não sou dono da verdade
Nem com ela eu penso estar
O que eu faço constantemente
É tentar me expressar
Para que de alguma forma
Alguém eu possa vir a ajudar
Enquanto isso não acontece
Exercito meu pensar.



Ronaldo Nunes
|
This entry was posted on 5/05/2010 07:06:00 PM and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

0 comentários: