Autor: Ronaldo Nunes
•6/14/2010 11:33:00 AM

Se atente,
Leia,
Entenda e compreenda
Não me julgue
Sem antes me conhecer melhor
Não tire conclusões por si só
Aprenda a analisar
E se tornará um homem melhor

Qualidades e defeitos todos nós temos
Disto ninguém está insento
Por isso não julgue precipitadamente
Pois do mesmo mal você está propenso

A vida tem o efeito boomerang
Tudo que vai volta
E o mesmo mal que há em teus olhos ao me julgar
Pode bater em sua porta
Não que eu seja vingativo
E nem isto pretendo ser
Mas as decisões supremas
Estão além do meu querer
Pois o juíz que me julga
É o mesmo que julga você
E quando pensar em me querer mal
Lembre-se que o mesmo mal, alguém também pode lhe querer.



Ronaldo Nunes
|
This entry was posted on 6/14/2010 11:33:00 AM and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

0 comentários: