Autor: Ronaldo Nunes
•9/18/2010 07:46:00 PM
Tarde nunca é
Cedo nunca foi
Os sonhos nunca morrem
Adormecem para acordar depois
Mais fortes
Como se fossem dois
Dois querer
Em um mesmo pensar
Dois desejos
Em uma vontade de realizar
Se hoje é improvável
Mais tarde há de se concretizar
Nossos ideais são
só nossos
Ninguém pode nos tirar
Pedras surgem em nossa caminhada
É preciso paciência
Para todas elas guardar
Pois serão com elas
Que vamos nosso castelo edificar
Lá viveremos bem
Sem tristeza
Sem se equivocar
Não haverá nada nem ninguém
Que poderá nos separar.


Ronaldo Nunes
|
This entry was posted on 9/18/2010 07:46:00 PM and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

0 comentários: