Autor: Ronaldo Nunes
•3/30/2011 10:03:00 PM

Transpiro o que respiro
Exalo o que reparo
Reprimo o que me oprime
Eu falo quando calo

Depende do que é
Para ser o que sou
Depende do que sou
Para ter o que quero

Mas o que é
O que não devia ser?
O que não devia ser
Apenas é o que não quero!

Então transcrevo de acordo com o que percebo
E descrevo de acordo como desejo.





Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/29/2011 10:53:00 AM

Ó fase!
O que fazes com este
Intenso vai e vem?
Nessas tuas idas e vindas
Eu fico!
E me torno novamente refém

Pois tu não sabes
Se fica ou se vai
Mesmo indo ou vindo
Teu rastro não se desfaz

Deixa marcas
Nem sempre me satisfaz
Mas quando vier
Que venha com boas novas
E que de mim não se afaste jamais!




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/28/2011 05:50:00 PM

Dizem que não faço o teu gosto
Que sou o oposto
Isso é só o que ouço
Meu moço
Ouvindo isto
Me sinto no fundo do poço

Mas no fundo do poço tem água
Água que mata
Água que lava
Mata a sede do homem
Água que lava minh'alma

E no renovo
O desejo me arrebata
De lhe ter em minha vida
De que esse amor me dê asa
Asas para voar
Asas para sair desse lugar

Lugar aonde me vejo
Lugar aonde não podes me achar
Farei o que preciso for
Para sair daqui
E conquistar teu olhar.



Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/27/2011 01:29:00 PM

A noite enluarada...

Silêncio dos homens
Grito da alma

O dia de sol...

Grito dos homens
Silêncio da alma

Eclipse Poético...

Quando homem
E a alma se falam!



Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/26/2011 01:16:00 PM

Conversa afiada
Gladiador e a espada
Um diz que é cortante
O outro fala que mata

A espada com sua lâmina inigualável
O gladiador com seu fervor incontrolável

Ambos tem serventia para o bem e para o mau
O gladiador não sabes por quem luta
E a espada faz a carnificina ser real

A espada não mata e nem fere
Se não manuseada
O Gladiador não fere nem mata
Se a irá não o devasta

Ambos movido por algo
Ambos controlados por algo
Fato sem controle

O descontrole toma conta do gladiador
Que controla sua espada indeferível

Que defere um golpe contra alguém

Não tem controle da situação
Gladiadores que matam e morrem
Todos os dias em vão
Dominados de ambos os lados
Pela espada e o seu poder
De persuasão.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/24/2011 02:48:00 PM

Ainda estamos em março
Bom...
Pelo menos é o que eu acho
Não sei...
Perdi o compasso
O amor ainda vive
Reata os laços
Laços??
Que laços?
Laços!!
De amor e de amizade
Laços!!
De afeição e cumplicidade
Laços...
Que há tempos
Manteve dois corpos
Laços...
Que há tempos
Desatou
Laços...
Que de tão apertado
Virou e este nos sufocou.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/23/2011 09:43:00 AM

Não sei se isso é um defeito ou uma qualidade
Mas não sou bom para intitular coisas
Com tamanha naturalidade
Preciso analisar e refletir
E as vezes o título que encontro
É bom só para mim
Admito ser essa minha deficiência
Não intitulo nada
Pois não gosto desta incumbência
Preciso sim, expressar tudo que sinto
Falar sempre com veemência
Amo as palavras quando elas são bem usadas
Não importa quem as escreva
O que importa é o que a mensagem nos passa
Com o título ou não
É o corpo do texto que mais me agrada.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/22/2011 03:13:00 PM

Andou olhando
Olhou falando
Mecanismo sincronizado
Vejo quem vai passando...


Degraus...
Escada!
Terreno...
Casa!
Avião...
Asa!
Tudo que vai, vem
Menos a fala que ficou entalada

Olhei pr'u que vejo
Percebi que olhei...
Errando, me dizem;
O certo não sei!

Estive confuso
Por que estarei?
Acho loucura
O que agora pensei...


E daí...
O que importa?
Estou n'uma sala
Que tem duas portas;

Qual delas eu abro?
Qual delas eu fecho?
Não sei!
Sem abrir não posso saber!

Como vou dizer se é ruim
Se o ruim eu não conhecer

Como vou dizer o que digo
Sem saber o que dizer?
O que parece sem sentido,
É o caminho que encontro
Para ainda viver!

O céu não se move...
A lua não se esconde...
Aonde andará minha estrela?
Me perco olhando o horizonte!

Se tenho inspiração?
Não sei!
Vem de onde?
Se tenho...
Eu tenho!
Eu tive!
Não sei se vou ter...
O que eu quis, ainda quero
Mas de que vale apenas querer?



Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/17/2011 07:28:00 PM

Se eu pudesse dizer
Diria...

Se eu pudesse fazer
Faria...
Se eu pudesse...
Ah!! se eu tivesse...
Ou estivesse...
Meu Deus te faço uma prece
Doença do séc. XXI
Chama-se Stress

Eu digo...
Mas pareço sem fala!
Eu faço...
Mas o que faço a poucos agrada
Fiz...
Pude...
Tive...
Estive...
Pedindo a Deus!

Tive que estar... Onde estou?
Me perco no tempo
Mas não em palavras
Fragmento versos e estrofe
Pois assim mesmo sou.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/16/2011 01:09:00 PM


Ninguém pode te obrigar a nada;

Mas todos nós temos obrigações!





Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/12/2011 10:42:00 AM

Quem me dera entender
Quem me dera saber
Quem me dera
Me deu...
Me dá medo de ser
Medo de ter
De ter que ser...
Alguém que não entende
E não sabe o por quê
Quero uma luz...
Para viver
E outra para escrever
Versos poucos
Muitos sonhos...
Muitas chances
De pouco acontecer...
Pensei nas palavras
Pensei no querer...
Pensei que elas tinham
Salva-me com poder!
Salva-me versos!
Salva-me querer!
Querendo quis e ainda quero
Versos resumem o querer.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/10/2011 09:14:00 PM

Em determinado momento,
Quis parar e pensar em uma saída; Mas a vida me obrigou a caminhar...
Mais adiante,
Quis seguir por um caminho; Mas a vida me forçou a parar e pensar se valia a pena continuar...


Não sei se a vida é ingrata
Ou se sou eu que insisto em lhe contrariar.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/09/2011 07:47:00 PM




Havia um tempo em que eu queria saber de tudo;
Hoje vejo que o Tudo só se refere ao que sei em sua totalidade




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/08/2011 01:20:00 PM

Nascer Mulher é uma dádiva
Ser Mulher é uma missão
Dada por Deus
E entregue em mãos

Mãos que afagam
Mãos que ponderam uma ação
Mãos...
Mãos de Mãe
Mãos de Menina
Mãos de Mulher
Mãos... estas jamais,
Ouse levantar para uma Mulher

Todos admiramos
Porém pouco valorizamos

A data é só uma representação
Direitos iguais sim é a solução

Mulheres são sensíveis
Mas sensibilidade
Não é o mesmo que fragilidade
Sou filho de Mãe solteira
E está foi Mulher e homem
Nos momentos de necessidade
Mulher que é homem
Mulher que é MULHER
Mulher que em suas indecisões
Não se omite no que quer

Parabéns pelo dia... mas que hoje sirva de reflexão
Enquanto escrevo esta poesia
Mulheres sofrem sem precisão.


*Pequena homenagem a todas as mulheres que fazem parte do meu cotidiano,
Mulheres que me fizeram sorrir mesmo estando chorando, mulheres lindas por fora e por dentro, mulheres de todos os dias, de todos os lugares. Mulheres que amo.

08/03 dia Internacional da Mulher




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/06/2011 09:38:00 PM

Dormir seria bom
Mas só se for para sonhar

Sonhar seria bom
Mas só se for para realizar

De tudo eu quero um pouco
E a medida exata
Ainda vou encontrar

Um pouco disso
Um pouco daquilo

Pois
Sou feito daquilo que faço
E faço disso
Minha razão de viver
...
Quero
Ser poesia
Queria
Ser ao menos estrofe
Quis
Ser um verso singelo
Que boas palavras... nunca me falte!

Assim sou e ainda vou sendo
Assim fui e ainda vou ser

Versos e poesias do cata-palavras
Repletos de sentimentos e muito querer.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/03/2011 10:11:00 AM

Nos dias atuais
Acontecem coisas estranhas
Cada vez mais
Filho que mata o pai
Pais que fazem filhos demais

Depois não sabem como criar
Não tem problema...
A rua cria!

E o que em casa ele não aprende
A rua passa ensinar...
Com 12 anos eu jogava “bila
Hoje “usmuleque só querem se drogar
E as meninas? Ah!! as meninas...
A maioria só pensa em namorar

Os tempos são outros
Os povos são outros
Se fossem os mesmos
Não morreriam a esmo
E nem deixavam ficar como está

Mas o destino é o fim
A profecia há de se cumprir
Jesus logo está por vir
E não paramos de nos matar
Homens morrem por nada
E também nada justifica matar

Quem me diz o que há
E se há como melhorar
Pois eu só vejo uma saída
Então saio a relatar
A poesia é um escudo
E nessa batalha pela sobrevivência
Não hesito em gladiar.
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/01/2011 06:07:00 PM

Vejo tanta descrença
Nas crenças do próximo
Vejo tantas ofensas
Dizem que lidar com a fé
Virou um grande negócio

Não prego religião
Mesmo tendo a minha
Falo de Deus
Pois ele sim é a única saída

Não discrimino
Mesmo se por meus atos
Eu for recriminado
Procuro não julgar
Pois sei que também serei julgado

Acredito no bem
Pago com o bem
E tento não vacilar

Sei que nunca agradarei a todos
Mas não me custa nada tentar

A vida não é um jogo
Pois Deus não quer
Que uns percam
Só pra outros ganhar

Todo mundo tem seus direitos
Mas acontece
Que sempre tem aqueles que querem nos tomar

A vida pode ser um pouco melhor
Se todos, no meio aonde vivem
Tentassem ajudar

Sei que talvez meus pensamentos
Passem desapercebidos
Mas pelo menos me dispus
A contigo partilhar.


Ronaldo Nunes

Links para esta postagem