Autor: Ronaldo Nunes
•3/27/2011 01:29:00 PM

A noite enluarada...

Silêncio dos homens
Grito da alma

O dia de sol...

Grito dos homens
Silêncio da alma

Eclipse Poético...

Quando homem
E a alma se falam!



Ronaldo Nunes
|
This entry was posted on 3/27/2011 01:29:00 PM and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

2 comentários:

On 27 de março de 2011 13:43 , Carmen Regina Dias disse...

Adentro o eclipse, e o que vejo?
Uma lua desejando ser plenilúnica,
apenas plenilúnica,
nada de minguantes e novas,
lua inteira no céu dos humanos.
Quando muito, crescente, entre os poetas.

 
On 28 de março de 2011 20:07 , Marcela Hebeler disse...

adorei...parabéns pelo blog.