Autor: Ronaldo Nunes
•3/24/2011 02:48:00 PM

Ainda estamos em março
Bom...
Pelo menos é o que eu acho
Não sei...
Perdi o compasso
O amor ainda vive
Reata os laços
Laços??
Que laços?
Laços!!
De amor e de amizade
Laços!!
De afeição e cumplicidade
Laços...
Que há tempos
Manteve dois corpos
Laços...
Que há tempos
Desatou
Laços...
Que de tão apertado
Virou e este nos sufocou.




Ronaldo Nunes
|
This entry was posted on 3/24/2011 02:48:00 PM and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

3 comentários:

On 24 de março de 2011 15:38 , Paula Jácome disse...

Laços que dão tão apertados...
Muito bom!

 
On 24 de março de 2011 23:51 , Carmen Regina Dias disse...

O laço deu nó?
Maravilha!
Os laços tornam-se nós.
De tanto ir e vir, aquela fita sedosa
pra lá e pra cá enlaçando sonhos,
desejos e versos,
um belo dia um pé de vento rouba o show
e exibe o seu duplo laço,
Nós, no espaço da poesia.
Mas o poeta náo se dá por vencido,
arranca do peito um poema
e o entrega.
E o amor renasce das cinzas,
e os laços cumprem sua sina,
enlaçar.

 
On 26 de março de 2011 01:41 , Denise Iacona disse...

Cada dia melhor...adoroo