Autor: Ronaldo Nunes
•3/08/2011 01:20:00 PM

Nascer Mulher é uma dádiva
Ser Mulher é uma missão
Dada por Deus
E entregue em mãos

Mãos que afagam
Mãos que ponderam uma ação
Mãos...
Mãos de Mãe
Mãos de Menina
Mãos de Mulher
Mãos... estas jamais,
Ouse levantar para uma Mulher

Todos admiramos
Porém pouco valorizamos

A data é só uma representação
Direitos iguais sim é a solução

Mulheres são sensíveis
Mas sensibilidade
Não é o mesmo que fragilidade
Sou filho de Mãe solteira
E está foi Mulher e homem
Nos momentos de necessidade
Mulher que é homem
Mulher que é MULHER
Mulher que em suas indecisões
Não se omite no que quer

Parabéns pelo dia... mas que hoje sirva de reflexão
Enquanto escrevo esta poesia
Mulheres sofrem sem precisão.


*Pequena homenagem a todas as mulheres que fazem parte do meu cotidiano,
Mulheres que me fizeram sorrir mesmo estando chorando, mulheres lindas por fora e por dentro, mulheres de todos os dias, de todos os lugares. Mulheres que amo.

08/03 dia Internacional da Mulher




Ronaldo Nunes
|
This entry was posted on 3/08/2011 01:20:00 PM and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

9 comentários:

On 8 de março de 2011 13:31 , Carmen Regina Dias disse...

Doçura de mundo se é feito de homens assim táo
ternos, táo humanos, táo poetas, táo sensíveis,
táo nossos.

Feito tu, que és feito da argila dos deuses.

besos para o amável, adorável poeta.

 
On 8 de março de 2011 14:15 , Roberta disse...

Q belas palavras...

 
On 8 de março de 2011 18:35 , Iara disse...

Obrigado, realmente uma bela homenagem

 
On 8 de março de 2011 21:40 , @daniizinhaa disse...

Como sempre encantando com as palavras, *-*

adorei!!!

Linda homenagem ;D

Beijão

 
On 8 de março de 2011 21:49 , RosaMaria disse...

Linda poesia, emocionante homenagem!
Só podia vir de um poeta doce como você.

Obrigada pelo carinho
Obrigada por ser nosso poeta.

Beijos doces

 
On 8 de março de 2011 22:38 , André Luis de Vasconcelos disse...

salve meu mano sentimento impar nessa homenagem

 
On 8 de março de 2011 22:39 , Marcão disse...

Mano, Linda sua poesia. Soube descrever as mulheres de maneira precisa, delicada e sincera. Parabéns!

 
On 8 de março de 2012 14:46 , Rosana Rolim de Moura disse...

Querido,somente vocêcom esta tua sensibilidade tatuada na alma,para entender e traduzir o que uma mulher no decorrer da vida tem que superar. Sou mãe solteira,você sabe,e sei que a princesa que te gerou deveria ter partilhado os mesmos momentos,os mesmos sonhos que eu...de ter que mudar o rumo da história para poder dar à um pequeno ser,a dignidade,amor,proteção. Abrir as asas e proteger,quem hoje faz e escreve a nossa história...te adoro,principe...beijos.

 
On 8 de março de 2012 14:56 , Rosana Rolim disse...

Querido,somente vocêcom esta tua sensibilidade tatuada na alma,para entender e traduzir o que uma mulher no decorrer da vida tem que superar. Sou mãe solteira,você sabe,e sei que a princesa que te gerou deveria ter partilhado os mesmos momentos,os mesmos sonhos que eu...de ter que mudar o rumo da história para poder dar à um pequeno ser,a dignidade,amor,proteção. Abrir as asas e proteger,quem hoje faz e escreve a nossa história...te adoro,principe...beijos.