Autor: Ronaldo Nunes
•3/10/2011 09:14:00 PM

Em determinado momento,
Quis parar e pensar em uma saída; Mas a vida me obrigou a caminhar...
Mais adiante,
Quis seguir por um caminho; Mas a vida me forçou a parar e pensar se valia a pena continuar...


Não sei se a vida é ingrata
Ou se sou eu que insisto em lhe contrariar.




Ronaldo Nunes
|
This entry was posted on 3/10/2011 09:14:00 PM and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

2 comentários:

On 11 de março de 2011 16:09 , RosaMaria disse...

Lembrei de um texto do Mário Quintana, que sempre releio, nos momentos de reflexão

"Meu saco de ilusões, bem cheio tive-o.
Com ele ia subindo a ladeira da vida.
E, no entanto, após cada ilusão perdida.
Que extraordinária sensação de alívio!"

Beijos pra ti poeta

 
On 11 de março de 2011 20:33 , Lilian Pool disse...

A vida feita de momentos
um dia a gente para e pensa
outro segue sem pensar
se pensa não para
e tenta e tenta...