Autor: Ronaldo Nunes
•5/06/2011 02:45:00 PM

De tão observador, percebeu que estava sendo observado.
Diante disto,
Quis amar para que também fosse amado.





Ronaldo Nunes
|
This entry was posted on 5/06/2011 02:45:00 PM and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

2 comentários:

On 6 de maio de 2011 19:43 , Michele P. disse...

Gostei do jogo de palavras!

Um abraço

 
On 9 de maio de 2011 09:02 , Eliane Raye disse...

Nisso se resume o maior segredo da nossa existência: De que sai de dentro de nós, tudo aquilo que queremos da vida.

beijos