Autor: Ronaldo Nunes
•10/12/2011 11:42:00 AM


O dia das crianças teoricamente era pra ser uma data comemorativa, mas quais as crianças que realmente tem algo para comemorar? Quais os pais que aos seus filhos podem presentear?

A verdade é que esse dia das crianças com festas, presentes, pais passeando com seus filhos, não é para todos. Apenas uma parte pode desfrutar de tudo isso. Existe um grande número de crianças que vêem nessa data o “dia da esperança”, e não da criança. Esperança porque esperam que haja algo do tipo festa comunitária, com bolo, doces, bicicletas, bonecas ou qualquer coisa que lhes façam esquecer nem que seja por instantes da dura realidade da vida.

Hoje me deparei com uma cena que me fez refletir demais... Dia 12 de Outubro, o dia em que mais vi crianças nos sinais de trânsito. Mas se há crianças pedindo ajuda no sinal, é sinal que algo não está certo. Penso que o problema é muito mais complexo do que podemos visualizar... Crianças gerando crianças, quando não, adultas de mentalidade infantil. Aliás, acho que nem posso dizer isso, porque na infantilidade há um ar de inocência, de pureza, de ausência de maldade. Mas essas, não! Essas vêem seus filhos como fonte de renda, como uma ferramenta de trabalho. Não estou aqui para julgar ninguém, mas acho que algo precisa ser feito, precisamos nos mobilizar! Não é dar esmola, não é pagar um “lanchinho”. É se aproximar de quem tá longe, é dar auxílio psicológico, estruturar moralmente uma família, é lutar por saúde básica e educação, é não tratar com indiferença, quem não tem culpa por estar em uma situação diferente do ideal. Afinal, quem não quer levar seu filho no parque de diversão? Quem não quer ter condição de comprar um brinquedo pro seu filho? Quem não quer algo do tipo?

Dia das crianças é uma data comemorativa que todos deviam sim comemorar, mas pra muitas crianças hoje é data do talvez. Pois talvez haja algo que consiga colocar o sorriso no rosto dessa criança, talvez haja festa, talvez haja bolo, talvez haja brinquedo, talvez... Amanhã é 13 de Outubro, não tem festa, não tem bolo, não tem brinquedo, e a melhora pra essas crianças há de chegar? Talvez... Mas espero que haja.





Ronaldo Nunes
|
This entry was posted on 10/12/2011 11:42:00 AM and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

2 comentários:

On 12 de outubro de 2011 19:10 , Amanda Lellis disse...

Oh meu amigo muito bem retratada a situação dessas crianças que vivem na esperança de um amanhã melhor...
É como você mesmo disse, não basta apenas proporcioná-las ajuda material, pois é muito fácil dispor daquilo que nos sobra. Difícil seria dispor do nosso tempo, do nosso nosso carinho e da nossa atenção frente à essas crianças tão carentes de afeto!

Que o Mestre Jesus possa abençoar todas essas crianças e a você por essa alma tão linda que você tem! =)

 
On 12 de outubro de 2011 20:20 , Trabalhos Artesanais disse...

Realmente, quantas crianças hoje esperaram por um presente e não ganharam, também já vi muitas crianças em sinais e acho que isso é um assassinato a infância... Como você espero que essas crianças tenham um futuro bem melhor.