Autor: Ronaldo Nunes
•11/30/2011 08:48:00 AM


Disseram que foi um tiro
Parece-me que foram dois
Mas qual será o estado de saúde da vítima?
Quem pode me explicar o que realmente aconteceu?
E o que ainda está por acontecer...
Disseram que pra morrer basta estar vivo
E para viver em paz, será preciso morrer?




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•11/25/2011 02:33:00 PM
Quando vou, te levo comigo
Deixando meu eu, bem ai contigo;
Parte de mim quer ficar
E outra acha que nunca devia ter ido.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•11/23/2011 02:30:00 PM



Empregue o seu melhor no que quer que você faça
Mas o melhor que você pode fazer é não se apegar a isto
Entenda, empregue não se apegue...
Quem se dedica não serve
Pois fazer por si é fazer pra si
E apegar-se aos feitos
Te fara a própria vaidade servir.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•11/14/2011 09:32:00 AM

Ai destes que usam palavras por demais “incrementadas”
Que nos fazem recorrer ao dicionário
Santa ignorância!
Não de nós, que não compreendemos tal dialeto
Mas sim destes que por estas se acham mais esperto
Pobres infelizes...
Não vê que a poesia é o sentimento em sua essência
É descomplicar o complicado
É descrever o que te rabisca
É por em jogo o que te ganha
É se esconder de forma explicita
Palavras difíceis até chamam a atenção
Mas as mais belas são sempre as compreendidas.



Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•11/05/2011 06:45:00 PM


O que ganharia eu, pobre solitário com minha despretensiosa escrita?
Ganharia um abraço amigo,
Ou a atenção da mulher mais bonita?
Besteira!
Amigos não dão abraços, mas sim puxões de orelha...
Mulheres bonitas não gostam de ler
Preferem ir ao salão de beleza...
-Que isso... Não podeis generalizar!
Perdoe-me! É que a sina do “escre-vivente” é tão cruel
Que mais fácil é o amigo abraçar a mulher bonita
Do que um deles por esta escrita se encantar.




Ronaldo Nunes

Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•11/02/2011 11:49:00 AM


Uma música a meio tom
Um quarto a meia luz
Meia taça de vinho
E sua cara metade n’uma noite toda para completar o que dantes faltava.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem