Autor: Ronaldo Nunes
•3/29/2012 01:57:00 PM



Antes fosse engano
Meu
Ao invés de teu

Antes tivesse sido eu
O descobridor da impossibilidade
De ficarmos juntos

Antes de sofrermos
Deveríamos pelo menos termos nos amado,
Tentado

Afinal,
Nenhum de nós tem o dom da adivinhação...
Adivinhar?
Pra que adivinhar?

Se o que eu queria contigo
Era descobrir um mundo novo
Um dia por vez
Todas as vezes possíveis de uma vida

Sim,
Eu também tenho medo de arriscar
Mas confesso que meu medo maior
É de ao teu lado nunca poder estar

Será frustrante
Será sem sentido
Eu te quero bem perto
Dane-se os que são contra isto!

Não fuja de mim
Aliás,
Não fuja de ti mesmo
Fuja comigo

E verás o quanto quero ser teu por inteiro.



Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/17/2012 09:13:00 AM


Tudo em mim é fase

Ora

Demasiado

Ora

Comedido


Tudo em mim é sentimento

Ora

Ocultado

Ora

Exprimido


Tudo em mim é qualquer coisa

Ora

Interpretado

Ora

Despercebido


Por ora...
... É isso.



Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/13/2012 10:08:00 PM



Por Machado de Assis,
Diga-me!
Qual é a importância dos nomes?

Referência...

Mudança de concepções.
Quero ver se ignorariam uma de minhas poesias
Se tivesse sido escrita por Camões.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/09/2012 04:20:00 PM


Nunca d‘antes enxerguei com tamanha clareza
Como nessa tarde cinza, chuvosa.
Lembranças... Ora, Claro que;
Dos tempos de outrora!

Pensei em nós
Esqueci-me de mim...
Estou a sós,
Mas te sinto aqui

Como pode?

Preciso entender porque cargas d’água
Fui me apaixonar por você
Fonte alva de certezas;
Me cegaste. Por que, por quê?

Pra que entender?
De que vale saber?
Isto só fará sentido
Se não fizer sentido o meu querer

Ter-lhe ao meu lado é o sentido da vida
É a razão das causas...
Ter a tua companhia,
Nos dias de sol ou de chuva... Somente isto me basta.




Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/04/2012 09:08:00 PM



Tivera eu, dois corações
Um para te amar, e outro para morrer de amor
Soubera eu, ao menos duas canções
Uma para te acordar, e outra para embalar nossos corpos entre o cobertor

Então tu...

Se quiseres ao menos um dos meus corações
Se ouvires ao menos uma das minhas canções
Se aceitardes qualquer um deles
Tenho certeza... Hão de ficar duas pessoas felizes.







Ronaldo Nunes
Links para esta postagem
Autor: Ronaldo Nunes
•3/02/2012 03:22:00 PM



Eu não sinto saudades!
Eu sinto uma necessidade imensa de tê-la por perto, para continuar vivendo tudo aquilo que sonhei pra nós.

Saudade é lembrança do passado...

E eu só quero de volta o direito de vivenciar o nosso futuro.





Ronaldo Nunes
Links para esta postagem