Autor: Ronaldo Nunes
•10/25/2012 02:29:00 PM
[créditos da imagem.]


A la fenêtre; comptant les heures
... Por que todas as coisas ainda que infindáveis em sua existência,
São possuidoras de uma limitada contemplação.
E talvez, não seja mais prudente permanecer parado,
Estático nessa relação, enquanto os dias se vão,
Enquanto permanecer é um sim, por ser mais cômodo que um não.
Abandonar o cotidiano é preciso,
Dia pós dia, reinventar a solidão...
Ficar sozinho não é dos piores males.
Pior é ter companhia, e se sentir
Em total exclusão.




|
This entry was posted on 10/25/2012 02:29:00 PM and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

0 comentários: